Manifesto do direito à beleza

Manifesto do direito à beleza

-

O início de cada ano permite, ainda que simbolicamente, o arquitectar de novos projectos, a criação de novas metas, a definição de novos objectivos. É, ao mesmo tempo, uma altura que convida à revisão do passado e ao planeamento dos próximos 365 dias.

Porto, 1 Março 2017